Bem-comida

No dia 31 acabou a Restaurant Week. Pobres Experimentalistas que somos, Yuri e eu resolvemos aproveitar. Daí o título do post.

Como funciona o evento: vários restaurantes chiquês de SP montam (por duas semanas) um cardápio especial, com entrada, prato principal e sobremesa. O preço também é fechado: o almoço sai por R$25 e o jantar sai por R$39. Some a esse preço a bebida, o couvert e R$1 que vai para o Ação Criança (tudo opcional, mas a doação é recomendada, né?)

 Para escolher os restauantes, a gente optou por uma abordagem mais… étnica:

1. Thai Gardens

Como o nome sugere, comida tailandesa. Fomos no almoço.
ENTRADA
Tong Muan (minirrolinho primavera) e Muan Dee (minicroquete de caranguejo/carne de porco). Os dois bem delícia (e bem míni).
PRATO PRINCIPAL
Eu, morrendo de medo da pimenta, pedi o Kai Kratiam (frango ‘aromatizado’ com erva cidreira). Gostoso, mas acho que minha mãe consegue fazer em casa. A Yuri, ousada, comeu o Nua Panang (filé mignon com curry). Mas como quem tem, tem medo, ela pediu pouco apimentado – o que se mostrou uma sábia escolha.
SOBREMESA
Thäi Sagu, que é um sagu quente, meio que de coco. Não é ruim, mas o da Yoki é melhor. E Pudim de Abóbora, que é tão delícia que eu gostaria de saber fazer.

AVALIAÇÃO FINAL: valeu pelo que pagamos (R$32). Se eu gastasse R$120, ia ficar um pouco puta, porque nada foi… UAU!

2. Le Petit Trou

Bistrô francês pitico, fofo e freqüentado por famosos (falo disso mais tarde mais detalhes aqui).
ENTRADA
A Yu comeu uma sopa de alho poró, sem gosto como tudo que é feito com alho poró. Eu comi uma salada com salmão, finocchio e umas folhas amargas. A erva-doce salvou.
PRATO PRINCIPAL
A Japs pediu o prato tradicional da casa, o Coq au Cidre. Galinha-delícia com molho agridoce bem dosado. Eu comi o melhor filé mignon da vida com risoto de aspargos. Foda.
SOBREMESA
Ovos nevados e bolo de ameixa. Comme si, comme ça.

AVALIAÇÃO FINAL: Francês perde um pouco a mão no tempero e não tem doces REALMENTE doces. Mas ô povinho que sabe fazer carne. Nossa.

3. Eñe

Espanhol. E isso já é o suficiente.
ENTRADA
Pão com creme de tomate, azeite e presunto cru. Na minha família, isso é “pan-tomaca”. E o melhor bocadillo ever.
PRATO PRINCIPAL
Eu comi cubos de pescada, a Camis comeu outro peixe delícia que eu não lembro o nome (sorry!) e a Yu pediu galeto com risoto de arroz selvagem (amo essas viadagens). Tudo muito, muito bom.
SOBREMESA
Creme catalão – uma espécie de Creme Brulée. Bom também.

AVALIAÇÃO FINAL: Comida espanhola é foda, sempre. Recomendo forte, porque o restaurante tem chiliquices e mimos na medida certa (diz Camila que o banheiro é o “mais cheiroso do mundo!”). Tudo por R$34.

Resumindo: além de economizarmos MUITO dinheiro (todos os restaurantes são top-top), provamos alguns dos melhores pratos que vamos comer em toda a vida. É triste, mas é verdade.

Anúncios

3 respostas em “Bem-comida

  1. Pingback: Lixo & Luxo « Só mais uma coisa…

  2. Pingback: Restaurant week - o veredicto « Só mais uma coisa…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s