Os vestidos do Baile do Met

A coisa é simples: todo ano, o Metropolitan Museum of Art tem um baile que só quem realmente pode alguma coisa nesse mundo vai (ou quem é amigo de quem pode). Para ter uma ideia, o Baile do Met (como “todo mundo”chama) é organizado pela Vogue. Ou seja: o povo tira a melhor roupa do armário.

Ou não.

Vampiras

Coincidentemente, as três primeiras fotos que eu vi foram essas. E mesmo com a breguice inerente à Kirsten Dunst (sorry, sempre acho que ela mais erra do que acerta), gostei dessa linha vamp-gótica. (clica que amplia)

mary-kate-olsen-kate-bosworth-kirsten-dunst-met-gala

Amei que a Mary-Kate Olsen não precisou de preto para ser gótica. E que a Kate Bosworth conseguiu fazer o preto com transparência ficar elegante (com esse cabelo e com essa boca ficou parecendo aquelas divas de cinema dos anos 40, né?). Não amei as franjas da Kirsten Dunst (achei que ficou com cara de velha), mas dou crédito só porque ela usou rímel roxo/azul. Inventou alguma coisa, né?

Nude

É assim que chama esse rosinha? Então, sempre gosto dele mais na teoria do que na prática. Acho chic, mas para ele ter efeito tem que ser BEM vestidão. Tipo o da Elizabeth Hurley, no meio.

marion-cottilard-liz-hurley-ivenka-trump-met-gala

A Marion Cottilard não dá para avaliar: se ela ficou bem com aquela sobrancelha medonha em Piaf, fica bem com tudo. Já a Ivanka Trump é isso que eu falei: falta alguma coisa, não falta? 

Black Tie

Quem leva a palavra “gala” a sério no convite dificilmente se dá mal. 

heidi-klum-kate-beckinsale-met-gala

Heidi Klum campeã invicta do meu coração consegue usar transparência grávida (olha a perninha aparecendo!) e ficar chic. Kate Beckinsale tem jeito de modelo e normalmente manda bem. Economizar no pano para quê, Brasil?? 

Branco que funciona

Acho branco o mais difícil porque não dá para abusar: se o tecido é fino, fica transparente. Se tem muita pedra/lantejoula, fica brega. Se não tem nada, fica sem graça.

mary-kate-olsen-diane-kruger-marisa-tomei-met-gala

Aí, você investe em uma coisa que cause o drama que precisa. Ashley Olsen foi com um branquinho bem clean, mas com um decote gigaaaaante nas costas (fashion que nem a irmã, mas de outro jeito, adoro). Diane Kruger pegou um curtinho sem brilho mas com textura mára – ela é a atual queridinha dos fashionistas. E Marisa Tomei tava meio praia, o que não ajudou em nada (pelo menos ela parece que tá se divertindo).

Anúncios

5 respostas em “Os vestidos do Baile do Met

  1. Também admiro a tentativa da Kirsten, mas o peito dela ficou muito bizarro.

    Mary- Kate que eu adoro tava parecendo cantora de cabaré do velho oeste.

    Elizabeth Hurley, não sei…

    Kate Beckinsale: MUITO FEIO. Pareceu madrinha de casamento de pobre.

    Ashley Olsen e Diane Kruger: S2 S2 S2 S2 S2

  2. Cara, nunca sei se gosto das escolhas da Heidi Klum. Às vezes eu acho que ela exagera e tende pro brega – não consegue ficar porque é ela, mas enfim.

    Meu preferido foi o da Ashley. Palmas pra simplicidade chique.

    Amay os nudes, concordo que falta algo no da Ivanka – acho que o tule dá esse aspecto meio ‘deixou por fazer’

    Ah, e antes que seja tarde: faz tempo que Mary-Kate perdeu meu respeito

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s