Buenos Aires, capítulo 2

Fui para Buenos Aires pela primeira vez em 2006. Cinco anos depois , fomos para lá de novo. A mesma cidade, o mesmo grupo. Mas as viagens foram completamente diferentes.

Dessa vez, saímos da turística San Telmo e ficamos no acolhedor Parque Patrícios, onde a Nadja está morando no momento.  O bairro, como ela definiu, é uma versão portenha da Mooca. Tem como não gostar?

A cidadezinha de Tigre, SUA LINDA!

A parte mais legal de ficar fora do circuito turístico é ter contato com aquelas coisas que só quem mora na cidade conhece: a padaria com a melhor chipa, o supermercado do povão, a sorveteria do bairro (que quebra as pernas das que existem no centro)…

Além disso, revisitar uma cidade obriga que a gente seja mais criativo e pense em roteiros diferentes. Como a visita que fizemos ao Rio de la Plata verdadeiro (e não só àqueles diques de Puerto Madero). Ou a tarde que ficamos sentados em uma praça qualquer da Recoleta conversando sobre o nada.

Tardes preguiçosas nas praças da Recoleta

Bom, esse nariz de cera foi pra dizer que estou de volta oficialmente. Se preparem para uma avalanche de posts com gosto de dulce de leche.

Tudo sobre Buenos Aires por aqui:

 

Anúncios

Uma resposta em “Buenos Aires, capítulo 2

  1. Pingback: Tigre, Argentina | Só mais uma coisa…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s